.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27

.posts recentes

. Castigo de Floribella

. Texto descritivo

. Publicidade

. O tesouro dos sentidos

. Coisas deste livro

. No comboio descendente

. Poema

. Liberdade

. Escrita Criativa

. "Acordei uns dias depois....

.arquivos

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds

Segunda-feira, 3 de Setembro de 2007

Civilização

Era uma vez um homem que tinha um amigo chamado Jacinto que tinha nascido num palácio onde tinha uma biblioteca onde tinha livros sobre tudo e maquinas para escrever, telegrafo, …

Um dia eles decidiram ir morar para um sítio onde houve-se paz como para o campo.

Alugaram um moinho que estava todo velho mandaram-no arranjar e renova-lo.

Quando chegaram ao moinho para irem viver estava com antes nada arranjado pois se os faxes não tinham chegado tiveram que se habituar a viverem assim e nunca mais saíram de lá o Jacinto casou-se com uma jovem da aldeia.

publicado por Diário de Diana às 18:15
link do post | comentar | favorito
|

.links